sexta-feira, 22 de maio de 2015

A pedido de Mari Lioness a história de Cheater e Kilio, só pra constar o Kilio não era "pegador" quando filhote e a Cheater se enturmava mais.
                               Cheater e Kilio
Em um lugar deserto da savana, uma leoa estava prestes a dar luz a seus primeiros filhotes. Por sorte a leoa tinha uma amiga parteira para ajuda-la. Seu marido estava procurando um lugar para passarem a noite e encontra uma caverna.
-Alika encontrei uma caverna. Podemos passar a noite lá e por sorte os filhotes sobrevivam.
-Certo.Vamos, Kijinga.
Assim que chegaram na caverna, a leoa deu a luz a gêmeos.

- A fêmea é a mais velha. Que nome quer dar Kijinga?
-Que tal Cheater? Ela vai ser rainha do reino mesmo. Por que não ter uma rainha trapaceira?
- Ótimo nome, meu amor. E o menino?
Assim que Alika falou "E o menino?", o filhote deu um miado muito agudo.
-Miaau.
-Já sei. O menino vai se chamar Kilio. Esse miado foi muito agudo,Alika.
-Concordo, querido. Ele vai ser Kilio.
Alguns meses depois eles já eram filhotes sapecas e brincavam com os outros filhotes do reino entre os filhotes estavam Luna e Moon as gêmeas que nasceram um dia depois de Kilio e Cheater, Kuvutia uma leoazinha que sonha em ser guerreira, e os trigêmeos Moto, Barafu e Hewa.




Um dia qualquer eles foram brincar, mas foram parar no exílio sem querer.
-Kilio, onde nós estamos?
-Eu não sei Cheater. Mas parece que aqui não é o Reino Norte.

-Ora tolinhos, aqui é o exílio.
Era um leão entrando na pré adolescência.
-Quem é você?
-Eu sou Vumbi. E vocês quem são?
-Eu sou Cheater, esse é meu irmão Kilio, e esses são nossos amigos, Luna, Moon,Kuvutia,Moto,Hewa e Barafu.
-Atá. Mana pode sair, eles não são uma ameaça. Chakula sai logo.
-Foi mal,mano.
Uma leoazinha da cor de Vumbi saiu de trás de arbustos.
-Vocês moram aqui sozinhos?
-É nossa mãe nos abandonou quando eramos pequenos, desde então começamos a nos virar sozinhos. Nós queríamos ir para o Reino Norte, mas não sabíamos se o rei nos aceitaria lá.
-O rei é nosso pai, vamos falar com eles.
-Certo.
Assim que eles falaram com Kijinga, eles foram jantar e dormir.
-Cheater acorda.
-Ai oque foi,Vumbi?
-Vem ver isso.
-Ver oque...?
Ele leva Cheater para fora fora da caverna e mostra o céu estrelado pra ela.
-Eu nunca vi um céu tão lindo assim.
-Ah, isso por que você não viu quando o sol vai nascer.
-Bom,melhor a gente voltar pra caverna. Daqui a pouco meus pais vem me procurar.Boa noite, Vumbi.
-Boa noite,Cheater.
No dia seguinte eles foram até a Possa sem Fim(se bem que tinha fim sim)
-Moto eu te desafio a ir até o fim da Possa sem Fim.
-Tá e se eu for e voltar vivo oque eu ganho?
-Um peixe.Topa?
-Não eu topo por um beijinho da Moon.
-Por que o beijinho tem que ser meu?
-Por que é de você que eu quero ganhar um beijo.
-Tive uma ideia melhor.EU vou até lá, e não quero nada em troca.
-Mana você tá doida? Se você morrer papai e mamãe te matam e depois me matam.
-Não matam não.E eu não vou morrer.A Possa sem Fim tem fim sim.
-Comé?
-Ah, esqueça.Tô indo e se alguém me impedir...
De repente sombras começaram a bater nos filhotes fazendo-os desmaiar.

Narração feita pela Cheater

Nós acordamos com um som de garras nas paredes.Era uma tigre ou algo assim,e ela não tava com uma cara muito boa.

-Ótimo, acordaram. Meu nome é Usiku. E eu sou uma tigresa.
-Prazer,Usiku. Eu sou Cheater e esse é Kilio meu irmão. E esses são meus amigos Luna, Moon,Vumbi,Chakula,Barafu,Hewa,Moto e Kuvutia.
-Eu tenho uma pergunta.
-Manda.
-Onde a gente tá?
-Respondendo sua pergunta nós estamos na gruta da nossa mãe.
-Ah tá. E você é o...?
-Eu sou o Mtazamo. E sou um ligre. Prazer em conhece-los.
-O prazer é nosso.
-Crianças cheguei. Venham almoçar.
- Espera aí. Cadê a Kamba?
-Quem é Kamba?
-Minha irmã gêmea.
-Não se preocupem, eu tô com a mamãe.
De repente duas tigres entraram na caverna.
-Mãe quando eu crescer eu vou ser uma caçadora tão boa quanto você.
-Certo filha. Agora vai brincar com seus irmãos.

-Vejo que acordaram, meu nome é Kiburi.
                                   *algumas vezes eu vou postar a Kiburi sem as manchas pq dá preguiça d desenhar dnovo.*
-Prazer, senhora Kibure.
-Que isso me chama de tia Kiki ou de tia Kiburi. E o prazer é todo meu.
-Tia Kiki é melhor. Eu sou a Cheater, e esse é meu irmão Kilio. E esses são nossos amigos Luna, Moon,Kuvutia,Moto,Hewa, Barafu,Vumbi e Chakula.
-Vamos eu levo vocês pro Reino Norte.

Ao chegarem no Reino Norte...
-Graças aos Reis do Passado.Onde vocês estavam? Nós ficamos preocupados.
-Eles estavam comigo. Não se preocupe, não se machucaram.
-Quem é você?
-Kiburi.
-Você mora além das fronteiras do MEU reino?
-Sim.
-Você não é bem-vinda aqui.
-Pai ela salvou a gente.
-Cale a boca Kilio.
-Mas pai...
-Mas nada.E você saia do MEU rei-...
-O reino não é seu Kijinga. O reino é meu eu sou a rainha de direito. Eu apenas me casei com você. E se eu quiser, eu me separo.Depois que nos casamos você tem criado regras que eu não aprovo.Regras que nem eu sabia, então de agora em diante você não vai mais ser meu marido. Um leão comum do reino talvez. E vai me tratar como rainha.
-Mas Alika eu-...
-Eu ainda não terminei. Se chegar perto de meus filhos ou de minhas amigas e familiares, você vai ser exilado. Crianças vocês não vão mais chamar Kijinga de pai, vão chama-lo apenas de Kijinga. E você é bem- vinda no reino sim,Kiburi. E de hoje em diante ninguém mais vai falar com você, Kijinga. A menos que queiram falar. Você vai dormir em uma caverna longe da nossa.
-Ora, você não está falando sério está?
-Nunca falei tão sério na minha vida.
-Ora sua ingrata.Eu dei tudo oque você queria.
-Não seu tolo.Você só me deu dois filhos que eu amo e um reino parcialmente destruído.

Meses se passaram após a briga de Alika e Kijinga e os filhotes já eram adolescentes.E o resto da hist. vocês já sabem.






4 comentários:

  1. muito legal!!A-D-O-R-E-I!! será que eu posso continuar a história deles no meu blog??!
    Ps- eu fiz um personagem pra sua história dos gatos *u*

    ResponderExcluir
  2. Pode continuar a hist. sim Mari. E obrigada pela informação da hist. da The Rise of the Blood Clan.

    ResponderExcluir